quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Atualização Patrimonial | Julho de 2019 +1,35% ou R$ 432.489,01

Boa tarde.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 1,35%
Rentabilidade Anual = 10,53%
Rentabilidade em 12 Meses = 20,78%
Aporte = R$ 3258,86
Despesas = R$ 7381,94
Rendimento Passivo = R$ 2567,34
Patrimônio Total = R$ 432.489,01

Gráfico de evolução:



Como podem ver, falta uns 70k para chegar no meio milhão.
Meu montante hoje ultrapassa o último montante do Pobreta, cerca de 429k em Julho de 2016. Fazem três anos quase. Fico imaginando como ele deve estar agora e QUANTO ele deve ter também, provavelmente deve ter uns 700k ou mais.

Este mês tirei férias e viajei para a Argentina com minha companheira. Realmente a diferença cultural é gritante: os hermanos possuem uma arquitetura muito mais bonita e são mais educados comparados aos chimpas brasileiros, entretanto parecem ser um pouco mais arrogantes - não sei se isso se dá ao fato com a rivalidade nossa. Visitei todos pontos turísticos da capital, assim como algumas cidades próximas. Gostei bastante da experiência.

Essa semana voltei ao Mestrado. Desta vez, escolhi estudar de manhã para render mais o dia, já que estudar a tarde e pegar estrada escurecendo é horrível: muito sono e trânsito quando se aproxima do perímetro urbano.
O trabalho está tranquilo, sem novidades. A escola, idem.

Estou pensando em trocar de carro. Meu populixo francês está dando muitas despesas. Estou na dúvida entre pegar um Classic ou um Etios. Se eu vender o meu, perderei muito dinheiro, já que tem muita coisa para fazer.

Quantos aos investimentos, dois venceram e preciso realocar o dinheiro parado na conta corrente, cerca de 25k. Vou ver as opções na Corretora e amanhã já aplico.

Bem, de resto vamos levando.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Atualização Patrimonial | Junho de 2019 +1,48% ou R$ 426.662,81

Boa tarde.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 1,48%
Rentabilidade Anual = 9,06%
Rentabilidade em 12 Meses = 22,24%
Aporte = R$ 935,57
Despesas = R$ 3.988,93
Rendimento Passivo = R$ 5.398,32
Patrimônio Total = R$ 426.662,81

Gráfico de evolução:


domingo, 2 de junho de 2019

Atualização Patrimonial | Maio de 2019 +1,71% ou R$ 420.328,92

Boa tarde.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 1,71%
Rentabilidade Anual = 7,70%
Rentabilidade em 12 Meses = 22,66%
Aporte = R$ 1.882,31
Despesas = R$ 4.603,02
Rendimento Passivo = R$ 4.559,09
Patrimônio Total = R$ 420.328,92

Gráfico de evolução:


Profissional: Como trabalho em órgão público, todos estão com medo da privatização. A iminência é grande ainda, porém parece que a chance de ocorrer esse ano é muito pequena. Quanto à minha rotina, tudo tranquilo. As aulas também estão na mesma. Agora em junho viajarei ao Nordeste a trabalho, para participar de um congresso.

Acadêmica: Estou gostando muito do Mestrado. Exige de mim muita leitura e escrita. Estou terminando meu projeto de pesquisa. O orientador é bem prestativo, embora meio nervoso.

Pessoal: Tudo está bagunçado. O excesso de peso está prejudicando meu sono - minha coluna dói muito, não consigo dormir de costas, somente de lado - e tenho dificuldade em andar sem o joelho doer. Estou completamente sedentário, só ando de carro. A natação está parada. E de sexta feira quando viajo à universidade, a rotina é muito estressante, pois de manhã trabalho e na hora do almoço pego a estrada, o que me deixa sem tempo para almoçar e durante o dia inteiro só como porcaria. 

Vida Financeira: Estou há vários meses sem interesse em investir. O aporte fica simplesmente parado na conta corrente, deve ter uns 30 mil já, o que é péssimo para meu planejamento. Mês que vem vou transferir esse montante para a corretora e realocar em Renda Fixa.

De mais, vou levando.

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Atualização Patrimonial | Abril de 2019 +2,18% ou R$ 413.150,97

Bom dia.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 2,18%
Rentabilidade Anual = 5,99%
Rentabilidade em 12 Meses = 21,921%
Aporte = R$ 6.501,49
Despesas = R$ 5.065,32
Rendimento Passivo = R$ 2.503,03
Patrimônio Total = R$ 413.150,97

Gráfico de evolução:


Este mês tive uns gastos a mais por causa do carro. Gastei uns dois mil reais para trocar suspensão e fazer a manutenção preventiva, fora que semana passada uma Fiorino bateu na minha traseira. Minha sorte é que o motorista foi honesto e me pagou tudo. Agora a lata velha está no funileiro. Duas batidas em dois meses... Quando terminar o conserto vou passar pra frente a caranga e pegar um modelo mais novo.

A renda em Abril foi maior por conta do bônus tanto na empresa como na escola. Estou com preguiça de aportar faz uns dois meses. Estou esperando vencer uma LCI no banco para transferir para a corretora.

Mestrado vai bem, mas acho que vou trocar de orientador por conta da linha de pesquisa. Não que o meu atual não seja bom, pelo contrário, é muito prestativo, porém a forma que ele quer que eu desenvolva minha pesquisa é muito mais trabalhosa do que a forma tradicional e trará o mesmo resultado. Expliquei minha situação para um professor e parece que ele se comoveu e vai ser meu orientador.

Voltei a ler um livro técnico, após anos de atrofia cerebral, rs. A meta é manter a leitura forte.

Como estou a pé, minha rotina inteira tem sido de Uber e Metrô. Ainda não me acostumei e estou chegando muito cansado. Quando dou aula de noite, durmo na casa dos meus pais, por ser mais perto. E o pior é que já soo naturalmente ainda mais por estar gordão, Nossa Senhora, é uma suadeira lascada.

De resto, vamos levando.

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Atualização Patrimonial | Março de 2019 +0,98% ou R$ 404.146,45

Boa tarde.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 0,98%
Rentabilidade Anual = 3,81%
Rentabilidade em 12 Meses =20,21%
Aporte = R$ 1.141,01
Despesas = R$ 3922,44
Rendimento Passivo = R$ 2.829,60
Patrimônio Total = R$ 404.146,45

Gráfico de evolução:


Quanto à minha rotina, em Março comecei a frequentar as aulas do Mestrado e já sinto o peso no orçamento: gastei com pedágio e combustível uns 400 reais a mais, fora a alimentação que tenho que pagar em dinheiro pois na cantina da universidade não aceita VR.

Entretanto, estou gostando muito das aulas, pois embora eu já certa familiaridade com o assunto, é muito bom conhecer novas pessoas e aprender algo novo. Os laboratórios são bons, tudo funciona, e os professores e auxiliares são muito atenciosos.

O único problema é que esta universidade não é exceção quanto ao domínio da esquerda: a maioria dos docentes são contra o Bolsonaro e flertam com o socialismo fortemente.

Jamais poderei emitir minha verdadeira opinião, do contrário posso ser marcado e ser prejudicado futuramente - melhor ficar quietinho mesmo!

Outro lado bom é viajar, embora eu conheça de cor e saltado o caminho, é gostoso ver a paisagem para espairecer. Estou estudando todas as sextas de tarde. Ás vezes fico o dia inteiro e me ausento do trabalho, saio de manhãzinha.

Fui obrigado a reduzir minha carga horária na escola e abandonei uma aula justamente para chegar a tempo. Para o próximo semestre já fica a lição: nunca pegar aulas do Mestrado no dia que eu tenha que lecionar ou vice-versa.

Em Março foi o aniversário da minha namorada. Fizemos uma festinha simples na casa da irmã dela. Andamos brigando mas agora está tudo bem.

Como podem ver, estou meio preguiçoso para aportar, meus gastos andaram altos nesses últimos meses e preciso focar na IF novamente. Mal espero para liquidar uma LCI que tenho num banco para alocar tudo na corretora.

Até a próxima.

quinta-feira, 7 de março de 2019

Atualização Patrimonial | Fevereiro de 2019 +1,01% ou R$ 400.175,84

Boa tarde.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 1,01%
Rentabilidade Anual = 2,83%
Rentabilidade em 12 Meses = 22,44%
Aporte = R$ 1.271,25
Despesas = R$ 2.934,32
Rendimento Passivo = R$ 2.289,64
Patrimônio Total = R$ 396.144,34

Finalmente alcancei a meta dos 400 mil. Foi por pouco.
Se por um lado estou contente em ter atingido esse objetivo, por outro fico entristecido pelo montante de impostos que tenho que pagar: fiz uma simulação do IR deste ano e terei que pagar incríveis 8 mil reais. Isso se for pelo modo simplificado com desconto automático de 20% porque se for pelo jeito normal chega quase a 10 mil!
Estava vendo às notícias que a tabela do IR está mais de 90% defasada, ou seja, teoricamente só deveria ser mordido pelo leão que tem uma receita anual maior que 50k.

Este mês também tive que arcar com renovação do seguro do carango, 1,5k - parcelei em três vezes.
Também surgiu um imprevisto infeliz: um bêbado bateu na traseira do meu carro e tive que desembolsar 2,5k para arrumar entre funilaria, faróis e lanternas, e pior que ficaram alguns problemas ainda: o indicador do combustível quebrou (sempre marca tanque cheio) e está com infiltração no lado do passageiro. Estou pensando em vender o carro dessa forma, com um desconto e comprar um modelo mais novo.

Fora isso, semana que vem começam as aulas do Mestrado. Escolhi fazer somente um crédito a tarde e de manhã aproveito para ir adiantando a pesquisa e tirar dúvidas com o meu orientador. Já fiz os cálculos, vou gastar uns 360 reais por mês (R$ 90,00 ida e volta). Várias pessoas me perguntaram se vale a pena esse esforço, afinal por R$ 500,00 por mês poderia fazer numa faculdade particular a 5 km do meu trabalho, demorando no máximo 20 minutos. A resposta é que compensa sim e por dois motivos: primeiro que o nome de uma faculdade pública pesa mais no currículo do que uma particular qualquer e segundo pela seriedade do rigor acadêmico, isto é, pesquisar e escrever com qualidade.

Pro Estado, pouco importa onde você estudou, o que interessa é o diploma carimbado com seu nome e o que mais vejo são professores de ensino público correndo paras uniesquinas para serem promovidos logo. Não crítico essa postura, mas não aceito isso pra mim: qualquer trabalho que leve minhas iniciais quero que seja uma fonte confiável para outros pesquisadores.

Meu desenvolvimento pessoal está de lado também. Este mês foi meu aniversário, 31 anos e não teve como eu não refletir a cerca da minha vida. Percebi que ando reclamando muito de tudo e definitivamente isso é uma mania desprezível que só me joga mais para baixo. Muito do que me queixo depende de mim mas eu insisto em culpar o exterior. Decidi cortar esse mal, reparem: as pessoas bem sucedidas, líderes de sucesso e que são um modelo para mim, todos, tem uma postura positiva, não sendo um otimista paspalho e ingênuo, mas sempre encaram suas dificuldades com bom humor e se reclamam, o fazem sozinhos. Agora por que eu preciso ser o cara chato, inconveniente que precisa desabar com todos sobre meus problemas? Ninguém é obrigado a me aturar, as pessoas tem mais o que fazer. Enfim, preciso parar com esse hábito.
Li uma vez algo mais ou menos assim, não me lembro onde:

"De nada adiantar se queixar ao tempo, pois hoje você tem indignação mas amanhã somente conformismo, afinal ele não te deve nada".

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Atualização Patrimonial | Janeiro de 2019 +1,82% ou R$ 396.144,34

Olá, guerreiros da blogosfera:

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 1,82%
Rentabilidade Anual = 1,82%
Rentabilidade em 12 Meses = 22,51%
Aporte = R$ 16.524,70
Despesas = R$ 4.710,89
Rendimento Passivo = R$ 1.940,13
Patrimônio Total = R$ 396.144,34


Acho que para todo bom pagador de impostos, janeiro é o pior mês: tem que pagar todos as taxas pro governo além de despesas usuais. No meu caso foram: IPVA, anuidade do conselho de classe, multas e licenciamento. Já chegou o carnê do IPTU e tem que renovar o seguro fiança também, mas estes serão parcelados e fundidos à mensalidade do aluguel.

Comecei a fazer meu Mestrado. Estou com alguns problemas na metodologia da pesquisa mas com o tempo consigo arrumar. Embora a universidade esteja no interior, cerca de 100 km donde moro, é legal fazer a viagem, para espairecer e ver a paisagem.


Estou na contagem regressiva para os 400k, mês que vem se Deus quiser eu fecho!

Meu carro está está com problema no freio de mão, parece estar gasto e preciso mandar consertar.

As minhas férias foram boas, viajei para o interior, fiquei na casa do meu parente. Dei bastante risada. comi bem e deu pra descansar legal.


Segunda feira agora começam as aulas e pra este semestre resolvi diminuir minha carga horária para 3 dias por semana - ano passado estava dando aula a semana inteira.


Tinha planejado de comprar um apartamento de 200k quando chegasse aos 400k mas esqueci que a maioria dos meus investimentos só liquidarão no final de 2020... Terei que esperar, mas por um lado é bom que terei maior montante, quem sabe 500k...


Continuamos na luta!

domingo, 6 de janeiro de 2019

Atualização Patrimonial | Dezembro de 2018 +4,05% ou R$ 388.942,27

Feliz 2019, pessoal.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 4,05%
Rentabilidade Anual = 22,00%
Rentabilidade em 12 Meses = 22,00%
Aporte = R$ 3.415,28
Despesas = R$ 3.749,83
Rendimento Passivo = R$ 1.940,13
Patrimônio Total = R$ 388.942,27

Gráfico do ano todo de 2018.

Como podem ver, este mês tive um gasto maior pois troquei de celular e dei meu antigo para minha namorada. Comprei um Samsung J6 Plus.

O aporte foi pequeno pois fiquei com preguiça de pesquisar os investimentos. Entrou o dinheiro do décimo terceiro mais o valor das férias. Estou com uns 20 k parado na conta corrente, sendo que deste valor vou reservar uns 5 mil para pagar as contas de janeiro: IPVA, CREA e renovação do seguro, assim como preciso fazer a reforma do quarto da casa dos meus pais que está com infiltração (penso em colocar telha de fibrocimento mesmo).

Tive o vencimento de uma LCI na casa dos 80k e reinvesti o valor em dois CDBs de bancos médios pela corretora. Em Janeiro também vejo o que faço com esse valor de 15k parado na conta, provavelmente irá para o Tesouro Direto mesmo.

Quanto às minhas metas, queria fechar o ano com 380k e passei oito a mais. Para este ano, quero chegar nos 460k já contando a troca do carro também.

Demais, fico um pouco apreensivo sobre as decisões dos governantes em especial sobre as privatizações uma vez que trabalho em autarquia, mas creio que no final dará tudo certo!

Abraços.

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Atualização Patrimonial | Novembro de 2018 +1,48% ou R$ 373.195,33

Olá pessoal.

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 1,48%
Rentabilidade Anual = 17,94%
Rentabilidade em 12 meses = 21,23%
Aporte = R$ 3.035,05
Despesas = R$ 5.700,27
Rendimento Passivo = R$ 2.652,71
Patrimônio Total = R$ 373.195,33

Gráfico:


Vou conseguir bater a meta do ano, que é 375k. Na verdade acho que atinjo os 380k com o décimo terceiro e as férias.
No campo pessoal, finalmente passei na prova de Mestrado. Agora é se dedicar à dissertação e procurar um orientador.
No mais, sem novidades.

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Atualização Patrimonial | Outubro de 2018 +1,60% ou R$ 367.184,78

Seguem indicadores:

Rentabilidade Mensal = 1,60%
Rentabilidade Anual = 16,47%
Rentabilidade em 12 meses = 17,84%
Aporte = R$ 2.412,39
Despesas = R$ 3.294,75
Rendimento Passivo = R$ 3.460,91

Gráfico:


Minha meta para esse ano é bater os 375k. Tenho dois meses mais as férias para chegar nesse valor. É possível atingir esse valor, caso não haja nenhum imprevisto no caminho.

Quanto ao pessoal, finalmente prestei a prova do Mestrado e estou aguardando o resultado.

Ando meio desmotivado quanto ao fato de investir.
Parece que só acumulo dinheiro, sem perspectiva: quando vejo o quanto me privo durante o mês para poupar o dinheiro, andando com roupa surrada e de carro velho 1.0, comendo em Subway e Habibs e almoçando na minha mãe, enquanto vejo os outros condôminos trocando de carro o final do ano, trajando só roupas de grife e jantando em Divino Fogão e Outback quase todo dia... desanima pra cacete. Parece que estou patinando. Bate um desânimo que dá vontade de desistir, largar o foda-se, virar chimpa, torrar tudo na Matrix. Mas aí vem a complacência, entre no blog do AA40, leio alguns artigos, me acalmo e recoloco o brio no lugar.

Essa jornada é simples mas não é fácil.
Espero que daqui há uns 5, 6 anos seja eu que esteja dando risada.

domingo, 30 de setembro de 2018

Atualização Patrimonial | Setembro de 2018 +1,39% ou R$ 361.811,68

Olá, resolvi voltar após 2 meses ausente.
Também mudei meu nickname por acha esse mais condizente com o que penso. O outro tinha um tom pejorativo.

Vamos aos números:

Rentabilidade Mensal = 1,39%
Rentabilidade Anual = 14,87%
Rentabilidade em 12 meses = 17,84%
Aporte = R$ 3.412,53
Despesas = 3.298,61
Rendimento Passivo = R$ 2.237,00

Metas: estudando fortemente para a prova do Mestrado.

Em todas eleições trabalho como mesário e esse ano não foi diferente, porém nesta estou interessado em votar, é um divisor de águas na história do país.

#bolsonaro17

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Atualização Patrimonial | Junho de 2018 +1,79% ou R$ 340.328,07

Salve, soldados da finansfera. 
Mais um fechamento e estamos no segundo semestre já - como este ano está voando!
Em Junho para mim foi relativamente tranquilo, pois mesmo tendo rendimento negativo nos FIs High Yield e Kepler (cerca de 1,5k), fechei no azul. Bem vamos aos valores:

Patrimônio: R$ 340.328,07
Rentabilidade Mensal: 1,79%
Aporte: R$ 5.535,00
Rendimento Passivo: R$ 6.082,38
Rentabilidade dos Últimos 12 Meses: 18,02%
Rentabilidade Anual: 4,87%




Tomei a decisão de encerrar as aplicações em fundos de investimentos e aportar somente em RF por enquanto. Realmente não tenho estômago para tanta variação e meu perfil é de cagão conservador.

Semana passada, fui consultar meus FGTS e até que me surpreendi com o saldo mostrado ali, cerca de 36k. Fazia uns 5 anos que não consultava e me lembro que na última vez estava cerca 3k.

Meu plano continua em pé de quando chegar aos 400k  comprar o primeiro imóvel e se livrar do aluguel (exato 1 ano). Gostaria de comprar uma casa mas não vai dar, o jeito é o apertamento mesmo. Pela meu cálculo, usando 200k do que tenho guardado mais todo o fundo, tereis uns 250k. Pleitearei uns apartamento na casa dos 280k visando obter um bom desconto por estar comprando na lata, à vista, cerca de 12 a 15%. De longe não é o imóvel de meu sonhos, que seria um sobrado num bairro classe média alta tipo, Alto da Lapa ou Jardim Boaçava, mas o importante é não desistir!

Outra coisa que estava pensando ultimamente foi quanto meu salário evoluiu desde meu primeiro emprego e quanto tempo eu perdi não conhecendo a Real nem investindo. Poupar eu sempre poupei mas sempre deixei minha grana na poupança. Foi só em 2013 quando conheci o blog do Pobreta que comecei a investir (mesmo no lixo que é a renda fixa). Vejamos uma lista comparando meu salário com o SM da época:

2004 a 2005 - R$ 450,00 x R$ 260,00 -> 1,73 SM
2006 a 2008 - R$ 800,00 x R$ 415,00 -> 1,92 SM
2009 - R$ 1300,00 x R$ 465,00 -> 2,80 SM
2010 - R$ 2000,00 x R$ 510,00 -> 3,92 SM
2011 - R$ 2400 x R$ 540,00 -> 4,44 SM
2012 - R$ 3400 x R$ 620,00 -> 5,48 SM
2013 - R$ 4000 x R$ 678,00 ->  5,90 SM
2014 - R$ 4300 x R$ 724,00 -> 5,93 SM
2015 - R$ 6000 x R$ 788,00 -> 7,61 SM
2016 - R$ 6700 x R$ 880,00 -> 7,61 SM
2017 - R$ 7900 x R$ 937,00 -> 8,43 SM
2018 - R$ 8500 x R$ 954,00 -> 8,90 SM

Por que usei a referência de quantos SMs eu ganho? Para saber mais ou menos o meu poder de compra no intervalo. Como podem ver, meu SM recebido sempre aumentou porém em 2013 foi quando comecei a lecionar. Minha renda aumentou porém meu tempo livre e qualidade de vida diminuíram.

Agora reparem no meu peso médio ao longo do tempo:

2004 a 2005 - 120 kg
2006 a 2007 - 115 kg
2008 - 135 kg
final de 2009 (quando comecei a RA) - 70 kg
2010 - 80 kg
2011 - 82 kg
2012 - 85 kg
2013 - 87 kg
2014 - 95 kg
2015 - 105 kg
2016 - 115 kg
2017 - 123 kg
2018 - 130 kg

Percebem a correlação? Comecei a engordar em 2013 bem quando comprei o meu primeiro carro para dar as aulas!

Sacrifiquei minha saúde para ganhar o quê a mais por mês brutos? 1,5 ou 2,5k? Compensa dar aula todos os dias ou 4x mais de sábados para complementar a renda? O que isso me causou? Obesidade mórbida, diabetes tipo II, gordura no fígado e colesterol alto! Isso por que fiz 30 anos esse ano! O pior é que eu o conheço o "outro lado", emagreci de forma natural só comendo menos e fazendo natação e corrida. Mesmo assim voltei ao que sempre fui: um obeso alto betoso branquelo.

Não é fácil. Agora está na hora da mudança. Para semestre que vem, diminuirei minhas aulas e vou investir em minha saúde. Foda-se que o aporte vai cair, mas de que adianta juntar dinheiro agora para na IF (se eu atingi-lá) gastar com remédios e cirurgias?

Abraços.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Atualização Patrimonial | Maio de 2018 +0,96% ou R$ 334.784,21

Boa noite, guerreiros da finansfera.
Maio foi um mês relativamente tranquilo para mim.
Consegui finalmente estabilizar meus gastos após me mudar para o novo lar: tudo montado, tudo pago, enfim nenhum imprevisto. 

Vamos aos valores:

Patrimônio: R$ 334.784,21
Rentabilidade Mensal: 0,96%
Aporte: R$ 5.000,00
Rendimento Passivo: - R$ 1.349,31
Rentabilidade dos Últimos 12 Meses: 17,81%
Rentabilidade Anual: 4,04%

Os juros deram negativos devido ao péssimo desempenhos dos fundos de investimentos: todos meus FI retraíram cerca de 2%, provavelmente pelo cenário de insegurança da greve dos caminhoneiros. Perdi cerca de 3k nessa brincadeira.

Vamos aos gastos:

Refeição - R$ 85,75
Automóvel - R$ 295,42
Diversos - R$ 89,00
Dinheiro Vivo - R$ 60,00
Cartão de Crédito - R$ 229,40
Vestuário - R$ 119,97
Estudo - R$ 45,00
Aluguel - R$ 812,13
Total - R$ 1736,67

Lembrando que o aluguel é rachado, metade comigo, metada com minha namorada. Vejam, se eu arcasse sozinho com o apartamento gastaria cerca de R$ 1700,00. A conta de luz eu pago inteiro e a conta da internet, ela.

Vamos aos gráficos:



Quanto à minha vida particular, tudo tranquilo também: estou conseguindo conciliar o trabalho de professor com o trabalho na repartição pública. Voltei a nadar 3x por semana. Não perdi nenhum peso ainda pois ainda estou comendo muita porcaria. Mas com um mês de atividade física percebo que tenho mais disposição para fazer minhas coisas. Percebo a diferença me comparando com minha namorada: ela é magrinha, come pouco mas é completamente sedentária e sempre quando chego à noite (umas 23h) ela já está dormindo e fica reclamando que sempre está cansada; já eu peso 130 quilos, trabalho cerca de 14 h por dia e quando chego em casa ainda corrigo prova, escrevo alguns artigos técnicos e vou dormir cerca de 2h da manhã e acordo às 7h todo dia. Tá certo que durante o final de semana durmo pra caralho, hiberno na verdade, mas acho que isso tem a ver mais com o biotipo da pessoa. Sempre fui uma pessoa notívaga e não sei se tem muito a ver com esportes. Mas percebi que me exercitando, durmo melhor e tenho mais concentração para realizar minhas tarefas. Claro que natação é o esporte mais completo que tem, mas outros são igualmente importantes.
Bem, é isso.

Estou pensando em escrever alguns posts durante o mês, algumas reflexões a cerca do que acontece comigo, mas ainda é somente uma ideia.

Abraços a todos.


terça-feira, 1 de maio de 2018

Atualização Patrimonial | Abril de 2018 +0,48% ou R$ 331.583,37

Olá, soldados da blogosfera, mais um mês se passou e espero que tenha bonança para todos aportadores. Particularmente, o mês foi bem fraco para mim pois minhas despesas foram muito grandes.
Vamos aos  valores:

Patrimônio: R$ 331.583,37
Rentabilidade Mensal: 0,48%
Aporte: R$ 9.296,86
Rendimento Passivo: R$ 1.582,87
Rentabilidade Anual: 3,56%
Rentabilidade dos Últimos 12 Meses: 18,53%

Embora o aporte sendo alto, mais de 9k, minhas despesas ficaram nas casas dos 14k! Isso mesmo: quase o valor do meu carro. Mas o que paguei de tão caro? Simplesmente resolvi quitar todas as minhas dívidas junto à Receita, todas minhas multas, todas minhas anuidades junto ao conselho de classe e outras taxas. Só de IR foram 8k já que deixei acumular três anos. Só de anuidade mais de 2k (quatro anos acumulados). Paguei também o restante do seguro (1,5k), multas (1,5k). Tive que sacar o dinheiro da reserva de emergência.
Pensei que ficaria no vermelho, mas como recebi a PL da empresa, cerca de uma folha de pagamento, mais a gratificação da escola, somando tudo deu uns 5k. Se não fosse esse dinheiro, daria negativo.
É incrível como pagamos imposto. Tudo bem que vacilei pois deixei de pagar daí veio o juros me fodendo.

Vamos à evolução:


Quanto ao aspecto profissional, colocarei um plano em ação para receber um aumento salarial: fazer propaganda de minhas habilidades profissionais, já que elas são requisitadas onde trabalho. Num espaço com mais de 250 colaboradores, somente eu consigo realizá-las, sendo que nem são tão difíceis assim, basta ter conhecimento de informática e programas gráficos. O problema é que a maioria dos trabalhadores de lá tem mais de 50 anos e são completamente avessos à tecnologia e muito resistentes para aprender novidades. Preciso aproveitar esse gancho pois o diretor da autarquia viu meu nome num projeto que elaborei, mandou me chamar e me cumprimentou pessoalmente pela "qualidade excepcional" do serviço (fiz uma apresentação em Prezi com pressa, se fosse na iniciativa privada seria no máximo regular). Depois dessa deixa, parece que virei queridinho dele e toda hora e liga no meu ramal pedindo serviço diretamente para mim. Claro que meu chefe imediato não está gostando nada disso e já chegou ao meu ouvido a fofoca invejosa que sou o "gordo puxa-saco".
Foda-se, vou fazer meu marketing e mostrar meu serviço.
Nesse lugar onde trabalho você só cresce se tiver apadrinhamento político ou for mulher e abrir as pernas. Crescer por esforço, tecnicamente, é muito difícil, só se você tiver um chefe bacana que valoriza seu trabalho.

Voltei a nadar de quartas feiras. Estou pensando em me consultar com um psiquiatra para tomar algum remédio contra compulsão alimentar. Este é meu problema, quando fico estressado, como horrores. Não sinto fome.

Bem, é isso.
Até a próxima.

domingo, 1 de abril de 2018

Atualização Patrimonial | Março de 2018 +2,81% ou R$ 328.679,31

Salve, galera da blogosfera. Tudo bem com vocês? Espero que sim.
Este mês foi uma correria só, muitas coisas aconteceram, mas vamos com calma.

Primeiramente os valores:

Patrimônio: RS 328.679,31
Rentabilidade Mensal: 2,81%
Aporte: R$ 8.900,00
Rendimento Passivo: R$ 1.688,58
Rentabilidade anual: 5,19%
Rentabilidade dos últimos 12 meses: 20,77%


Como podem ver meu aporte em Março foi monstruoso. Isso se deve às férias e ao adiantamento do 13º Salário. Na verdade tirei férias somente no papel mas trabalho normalmente, já que tirei essas férias em Janeiro, só que esqueci de avisar o RH da empresa. (Que burro dá zero pra ele!).

Como seria bom se eu conseguisse aportar nessa faixa de 8-9k mensalmente. É um sonho, mas um dia chego lá...

Vamos às despesas:

Refeição: R$ 99,60
Impostos: R$ 205,59
Combustível: R$ 371,09
Diversos: R$ 1412,19
Dinheiro Vivo: R$ 101,40
Cartão de Crédito: R$ 43,66
Aluguel: R$ 741,90
Total: R$ 2975,43

Gastei mais combustível pois eu mesmo fiz a mudança da minhas coisas. Taquei um bagageiro no possante, comprei uma corda de 30 metros e fiz infindáveis viagens da casa dos meus pais ao novo cafofo, levando um pouco de cada vez. O percurso é curto, cerca de 6 km. Fiz as contas e compensava mais levar assim do que contratar um carreto. O carreto ficava por R$ 500,00 (o mais barato que achei). Fiz 20 viagens no total (ida e volta). Meu carro faz a média de 8 km/litro no álcool e o preço do litro do etanol por aqui fica na faixa de R$ 2,80, então só calcular:

20 x 6 km  *  R$ 2,80 / litro / 8,0 km  / litro = R$ 42,00

Mais 35 reais da corda e mais 280 do bagageiro, ficou tudo = R$ 357,00

Sendo que o bagageiro é permanente para mais uns 4 anos, já que é o tempo que espero ficar com essa lata velha.

357 reais x 500 reais, uma economia de 143 reais. Não levei em conta a manutenção do veículo, por que já tenho uma grana provisionada para isso. 

Percebi que quando chegava no prédio com as minhas coisas em cima, amarradas com uma lona, parecendo um carroceiro motorizado, o porteiro segurava o riso e outros moradores passantes faziam cara de asco, já que todos contratavam carreto tipo Graneiro. Provavelmente já peguei fama de muquirana aqui no condomínio pois meu carro é um dos mais simples e com a funilaria bem sambada contra carros de luxo como Civics, Corollas e Renegades lustrados e até com protetor de borracha na porta contra risco. Ah, tá de brincadeira. É nessas horas que me sinto na contramão e graças a Deus que não faço parte da maioria bostileira que só ostenta e fecha o final do mês no cheque especial.

Semana passada eu vi um cara aqui no condomínio discutindo feio com a mulher no estacionamento. Reparei que o carro dele estava completamente fudido na parte do passageiro. A raspada foi muito grave: porta entortada para dentro e emperrada, lanternas todas quebradas e vidro dianteiro estilhaçado. Era um Toro, da Fiat, carro SUV. A mulher gritava dizendo que não jamais iria andar num carro daquele estado e que tratasse de arrumá-lo o quanto antes. O mangina respondia em tom choroso que mal estava conseguindo pagar o financiamento do carro quanto mais pagar a funilaria e que se arrependia de não ter feito seguro. Se fodeu legal! O conserto vai ficar por baixo uns 6 mil reais se ele arrumar e sabemos que não fica igual ao original.
Na hora eu senti pena do cara, mas depois eu achei bem feito aquilo, uma lição bem dada para ele parar de ser beta otário que faz tudo para agradar a mulherzinha. Me desculpem mas jamais ficaria com uma mulher assim, interesseira, que julga pelo que você tem não pelo que você é ou está batalhando - uma verdadeira rampeira, vagabunda.
Enfim, esse cara é só um ícone de como o brasileiro chimpa é e se comporta: carp diem, contando somente com o salário e rezando para não sofrer qualquer eventualidade senão sabe que vai se lascar legal como o manginão do Toro aí.

Quanto ao apartamento, está uns 80%. Falta montar um rack da televisão, um guarda roupa e comprar umas mobílias do meu escritório. Fiz questão de pegar um apartamento com três quartos para fazer  meu espaço. Não abro mão da minha privacidade, pois sou um cara notívago, gosto de fazer minhas coisas durante a madrugada, sei lá, é a hora que minha criatividade está a todo vapor. E se eu tivesse só dois quartos teria que colocar o computador no quarto de casal o que atrapalharia o sono da minha namorada (já que o quarto de hóspede é muito pequeno para caber todo meu aparato).

Fez um mês que estou morando aqui com ela e estou gostando bastante da região. Mesmo não sendo São Paulo, aqui tem tudo o que precisamos: estação de trem, mercado, hospital, shopping e mercado. Minha namorada vai de trem para o trabalho e eu vou de carro de boa. No começo eu, cabaço, estava pegando um trajeto que sempre tem trânsito mas na última semana descobri um caminho mais longo porém livre - quem me disse foi um colega do serviço que mora num bairro vizinho do meu.
Como disse em outros posts, o local é simples mas confortável. Tem também a mesma distância da casa dos meus pais até o meu serviço, uns 6 km. Faço em 20 minutos. Na volta da escola à noite, demoro uns 30 minutos percorrendo uns 20 km.

As despesas do apartamento estamos rachando tudo meio a meio. Para mim, está tranquilo. Na verdade conseguiria pagar por inteiro todas as contas ( o que daria uns 1800 reais tudo) mas não acho justo. Ela ganha bem menos que eu, cerca de um terço mas está conseguindo juntar uns 600 reais por mês. Para quem fechava todo mês no vermelho há uns dois anos atrás, está ótimo.

Vamos aos gráficos:


Quanto ao meu trabalho, estou concorrendo a uma vaga de professor universitário numa escola particular, Uniesquina da vida. Mas o bom é que a aula é somente de sábado durante a manhã. Se eu passar, minha renda aumentará cerca de 1k líquido. O problema é que sou o candidato mais fraco pois a vaga exige mestrado e eu só tenho especialização. O que tenho de vantagem é a minha experiência profissional; pelo que percebi os demais candidatos são mais novos e alguns nunca trabalharam na área. A disciplina que leciono é relacionada à informática então é vital conhecimento prático.
Mas não posso postergar e preciso urgente fazer um mestrado.


Quanto à saúde, percebi que perdi algum peso - não sei quanto ao certo, não me pesei -, pois minhas calças estão largas e preciso usar cinto. O prédio aqui tem academia e começo essa semana a fazer bicicleta. Vou renovar meu convênio com a academia de natação, pois não consigo ficar sem. Estou levando marmita que minha namorada faz para mim e tomando café da manhã mais "natural", frutas e aveia.

Nem tudo é um mar de rosas, tivemos algumas brigas bestas mas agora estamos bem. Uma coisa que está me incomodando é que estou ficando grisalho muito rapidamente. Peguei umas fotos de dois anos atrás e é a diferença é gritante: tenho muitos fios brancos. Ontem fui cortar o cabelo e quase chorei ao ver a quantidade fios brancos. Estou com uns 20% do cabelo já branco, o problema é que só tenho 30 anos, ou seja, muito novo. Pelo andar, até os 35 estou completamente grisalho.
Minha sorte é que não tenho tendência pra calvície nem na coroa de padre nem na frente, na verdade tenho cabelo pra caramba. Fico chateado pois não puxei a "genética" do meu velho, pois ele tem 67 anos e possui MENOS cabelos brancos que eu. Sacanagem!

Quanto aos investimentos, vou encerrar uma conta num banco de varejo e transferir a grana para corretora. Recebi a dica do Beto Fiscal de estudar em fundos imobiliários que são mais rentáveis. Dei uma zapeada e realmente são bem mais eficientes. Preciso me aprofundar mais.

Bem, é isso.
Até a próxima.


domingo, 4 de março de 2018

Atualização Patrimonial | Fevereiro de 2018 +1,08% ou R$ 319.427,81

Fala pessoal, tudo bem com vocês?
Este mês foi muito corrido, pois as aulas começaram e estou aprontando minhas coisas para a mudança para o apartamento.

Vamos aos números:

Patrimônio: RS 319.427,81
Rentabilidade Mensal: 1,08%
Aporte: R$ 1.000,00
Rendimento Passivo: R$ 1.059,04
Rentabilidade anual: 2,38%
Rentabilidade dos últimos 12 meses:13,55%

A partir de agora estarei postando minhas despesas de forma resumida e, pasmem, é incrível o quanto o dreno financeiro é grande se não prestarmos atenção:

Refeição: R$ 55,07
Imposto e taxas: R$ 1682,64
Combustível: R$ 250,80
Saque na boca do caixa: R$ 780,00
Cartão de crédito: R$ 121,15
Vestuário: R$ 224,95
Estudo: R$ 0
Diversos: R$ 578,29
Total: R$ 3692,90

Este mês me fudi por causa do pagamento do IPVA, multas e conselho de classe. Saquei dinheiro para comprar alguns móveis de segunda mão e a grana referente ao diversos foi o seguro fiança que tive que desembolsar pois não tenho fiador. 
E não pára por aí: agora em março terei que comprar mais eletrodomésticos, pois não dará para aproveitar todos os móveis da minha namorada por causa do espaço, isto é, são grande demais para o apartamento. Teremos que comprar um fogão novo, lava e seca e mesas novas, além de trocar outros móveis que estão muito velhos e feios como microondas, hack, guarda roupa e etc.
Estou muito estressado com tudo isso, muitas regras, tudo apertado, que saco!
Vamos rachar tudo pelo menos não fica tão pesado para mim.

Vejam que poderia ter aportado uns R$ 4k este mês mas por causa do gargalo, não deu.

Vamos aos gráficos:

Pela tabela, minha rentabilidade foi pífia, especialmente a do fundo High Yield que deu negativa. O melhor juros que tenho é o pré-fixado do CDB, de resto está bem meia boca. Mas paciência, melhor que a poupança e ainda estou sem culhões para investir na bolsa.



Quanto ao apartamento, escolhi um que fica fora de São Paulo, porém num bairro residencial e antigo, próximo da estação de trem. O prédio é novo, bem conservado, porém tive a infelicidade de estréia de quando chegar para colocar meu carro na minha vaga, a mesma já estava ocupada com um carro de um corno. Pior que o FDP tampou de propósito a identificação que fica suspensa no espelho. Limpamos ele, ficou um brinco. Eu gostei da localização, pois, por incrível que pareça, tem mais comércio do que onde moro.

Bem, é isso, de resto, nenhuma novidade.
Abraços.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Atualização Patrimonial | Janeiro de 2018 +1,30% ou R$ 315.973,79

Olá pessoal.
Feliz ano novo (atrasado) para todos.
A partir deste mês seguirei um padrão de informações sobre minhas finanças conforme abaixo:

Patrimônio: RS 315.973,79
Rentabilidade Mensal: 1,30%
Aporte: R$ 3.500,00
Rendimento Passivo: R$ 1.796,15
Rentabilidade anual: 1,30%
Rentabilidade dos últimos meses: 24,70%

Vamos à tabela:


Como podem ver, a rentabilidade foi razoável, especificamente a da renda fixa girou em torno de 0,65%. 
O motivo da minha conta corrente ter decaído tanto foi que tive algumas despesas extras com pagamento de multas, IPVA e anuidade do conselho de classe. Não tem jeito, Janeiro é o pior mês.
Minha sorte é que meu carro é velho e não tenho filhos, senão os gastos seriam muito maiores...

Falta pagar mais três multas no valor de R$ 600 e a três anuidades do conselho de classe no valor de R$ 1700 mais ou menos, logo vou desembolsar uns R$ 2300 pra ficar em dia. Fora a despesa para renovar a habilitação pois estou com os pontos estourados.

Pensei que meu aporte para este mês seria bem menor, mas fiquei surpreso com o resultado.

Outro ponto que me fudeu é que, como estou para me mudar, resolvi comprar uma máquina de lava e seca usada para economizar por R$ 700 sendo que uma nova está na casa dos R$ 2500. O problema é que na hora que fui comprar a máquina estava apresentando um erro mas funcionou.
Pechinchei um desconto de R$ 200 (o preço original era R$ 900) a meu favor mas quando instalei a máquina em casa a desgraçada não funcionou mais. Fiz de tudo: limpei as peças, reiniciei, li o manual mas nada.

Resolvi chamar um técnico e o mesmo falou que a máquina não tem conserto por ser um modelo antigo e faltar peças de reposição; que na verdade até daria pra arrumar mas ficaria tão caro fica inviável (mais de 1500 reais). Ele me disse que esse modelo é de fabricação chinesa e é um dos que mais dá problema. Ou seja: adquiri uma bomba. Me fodi legal nessa brincadeira. Mas agora é paciência e tentar vender para outro otário comprador.

Estou apreensivo quanto à mudança pois meus gastos aumentarão consideravelmente.
Estou prevendo uma despesa extra, por minha parte, de uns R$ 900 (500 de aluguel, 150 de condomínio, 150 de combustível e 100 para água, luz, internet e gás).
A sorte é que terei agora um reajuste no salário de docente.

Estava fazendo as contas. Meu rendimento líquido é cerca de 6.000 reais. Consigo aportar uns 4.000 por mês, logo a partir de abril estarei aportando uns 3.000.

Tomei a decisão de eu adquirir um imóvel de cerca de 200 mil reais, mas só realizarei a compra quando atingir a casa dos 400k. Este é meu objetivo agora para poupar dinheiro. Sim, o manjado sonho da casa própria.

Eu ainda tenho uma resistência contra adquirir um imóvel. Era adepto da ideia de pagar aluguel e ir capitalizando a diferença sobre o financiamento, até por que eu já moro na casa dos meus pais e um dia ela será minha. O problema é que não sei quando a terei, só quando eles morrerem e quero que eles vivam muito mesmo sendo já idosos. Além do fato de na casa morar outra família de parentes nos fundos. Isto é, mesmo quando meus pais morrerem ainda terei o empecilho dos outros herdeiros. Teria que negociar com eles para eles venderem a parte deles mas quem garante que eles sairão dali?
O bairro já é ótimo, mas ainda se valorizará por causa da verticalização. Não posso contar com isso.
Até poderia fazer uma casa em cima, tipo um sobrado, mas aí perderia algo que tanto prezo: privacidade. Meu pai sempre falou: "Boqueta, embora esta casa seja grande e o bairro só residencial, aprenda que terreno com mais de uma família morando não é lar e sim CORTIÇO".

É triste, mas minha casa é um cortiço. Ali moram pessoas que não tenho contato, nem quero na verdade, que embora não seja mal educados, são desconhecidos. Agora são duas famílias. Se eu construísse, passaria a ser três. Dispenso, prefiro morar num lugar menor, mais afastado mas que esteja somente meu. Lembra das propagandas da Credicard? Então, tem coisas que não tem preço e sossego é algo que dinheiro nenhum compra pra mim.

Logo, não me resta alternativa a não ser ter meu próprio imóvel. Financiar está fora de cogitação. Só de pensar numa dívida de três décadas, um casamento com a Caixa, já me arrepia. É um crediário eterno, nem fodendo. Prefiro me descapitalizar agora enquanto sou jovem - este ano faço 30 - e recompor minha carreira. A ideia é chegar nos 400, comprar o imóvel e voltar na casa dos 200k. Em dois anos recomponho, volto nesta estaca.

Este ano apertarei o cinto ao máximo: deixar o carro na garagem, ir trabalhar de trem, cancelar o seguro, levar martita pro serviço e atirar para tudo quanto é lado para pegar freelas. Preciso chegar nos 400 k até meio do ano que vem.

Vamos aos gráficos:



Outra novidade é que voltei a fazer natação e já emagreci 7 quilos neste mês. Ainda não estou na frequência que gostaria que é nadar 4x por semana. Só fui aos finais de semana. Diminui a comilança mas ainda falta muito. Dos setes, faltam 50 kkkk.
Mas chega de choro. É isso. Valeu.



quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Atualização Patrimonial | Dezembro de 2017 +3,28% ou R$ 311.870,03

Salve, pessoal da Blogosfera de Finanças.
Desejo a todos um Feliz Ano Novo com muito sucesso e principalmente dinheiro no bolso.

Vamos aos meus números:

Rentabilidade Mensal = 3,28%
Rentabilidade Anual (Jan/2017 a Dez/2017) = 30,06%
Rentabilidade 12 meses (Dez/2017 a Dez/2017) = 30,06%

Este mês consegui poupar entre aporte e renda passiva R$ 10.252,56.
Geralmente consigo aportar entre 3 e 4k, mas este vulto maior se deu pela Décimo Terceiro, Participações nos Lucros e Folha Complementar de Docente.
Já pensou se conseguisse aportar todo mês este montante? Já teria meio milhão.

Bem, minhas metas para este ano é bater os 400k - realmente um desafio para mim pois geralmente por ano consigo poupar uns 70k.

Estou aprimorando meus conhecimentos sobre finanças e este mês li o livro mais clichê de todos, Pai Rico Pai Pobre de Robert Kiyosaky e aprendi muita coisa, mesmo com a linguagem simples. Me sinto até envergonhado de compartilhar isto aqui mas a gente sempre começa do primeiro degrau.

O texto me fez refletir bastante sobre a tal "Corrida dos Ratos", de como uma pessoa pode ser burra ao ponto de aumentar suas dívidas mesmo recebendo um aumento salarial substancial. E o pior é que vejo muito disso do meu serviço: a pessoa ganha um cargo comissionado (uns 5 mil reais líquidos) e a primeira coisa que faz é repassar o carro financiado para a esposa e comprar outro carro (também financiado) na faixa dos 80, 90 mil reais (geralmente um SUV), daí para comemorar sai de férias para o exterior (também financiada) na casa dos 25, 35 mil reais e para fechar com chave de ouro, coloca o filho numa escola particular mais cara. Tudo isso sem a pessoa saber por quanto tempo se manterá com com esta bonificação (pode ser desde um ano até duas décadas).

Outra meta este ano para mim é investir pesado na parte acadêmica. Pretendo no meio do ano entrar num programa de Mestrado ou na USP ou na Unicamp e para isso preciso treinar meu Inglês. Uma coisa que ajuda muito é escrever artigos científicos sobre minha área e comecei a fazê-lo desde julho do ano passado: a meta era fechar o ano com 12 artigos escritos (e não publicados) mas só consegui fazer 7. Estou investindo nisso, já tenho várias ideias e o próximo passo agora é a publicação: encontrar revistas técnicas que abram espaço para pesquisadores independentes como eu possam publicar seu trabalho. O ideal seria se eu tivesse como mentor um professor catedrático de uma USP, UNESP da vida mas não tenho contatos. Mas isso não me abala pois estou muito motivado a continuar a escrever uma vez que no meu serviço meu chefe me dá incentivo a fazer isso no meio do expediente (consigo executar todas minhas tarefas na parte da manhã e muitas vezes fico coçando na parte da tarde, salvo quando tem uma excepcionalidade).

Também para 2018 vou me mudar com minha namorada para um apartamento alugado. A ideia é fazer a mudança em Março. Para quem não sabe, em 2016 cheguei a morar um tempo com ela na casa dos avós dela mas não deu certo pois não me adaptei (parentes mal educados e bairro bem pior que estou acostumado - tipo periferia), daí acabei voltando a morar com meus pais. Queríamos alugar algo próximo de onde moro, mas fica simplesmente inviável devido ao valor: um apê aqui de 45 metros quadrados com 1 vaga (descoberta) sai a partir de 2 mil reais excluindo o condomínio. Nosso orçamento é de no máximo 1300, até uns 650 para cada um, Daí não tem jeito: teremos que morar num bairro mais distante aqui em São Paulo ou nos mudarmos para outra cidade, tipo ABC ou Barueri. A nossa única exigência é que a casa fique perto de uma estação de trem devido a facilidade de locomoção. Dá pra encontrar alugueis bons, só precisa pesquisar.

Bem, vamos aos gráficos e tabelas:




Eu sei que alugando um imóvel, gastarei mais e meu poder de aporte diminuirá mas paciência. Acho que será uma nova etapa da minha vida, coincidindo com minha entrada na casa dos 30, terei dificuldades para me adaptar (fazer comida, lavar a roupa, arrumar a casa etc) mas certamente será uma experiência interessante.
O que estou fazendo é teste para ver se dá certo morar com ela, pois embora estejamos há muito tempo juntos, nunca moramos sob o mesmo teto mais de dois meses seguidos.
O agravante é que eu tenho estabilidade e ganho muito mais que ela - não sei quanto exatamente mas é mais que o dobro) - logo nossos padrões sociais são diferentes.
Na verdade, no começo do nosso namoro meus pais não a aceitaram muito bem por causa desse preconceito idiota mas eu não ligo. Tenho meus seguros: ela não sabe quanto ganho, muito menos sabe quanto tenho guardado, pois meu padrão de vida é muito abaixo dos meus pais e de onde moro. Meu carro, minhas roupas, meus hobbies, tudo em minha pessoa é simples e frugal. Isso me ajuda bastante.

Bem, é isso. Até o mês que vem.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Atualização Patrimonial | Novembro de 2017 +0,46% ou R$ 301.600,76

Salve, Finansfera, tudo bem com vocês?

Mais um mês fechado com um aporte ridículo de somente R$ 1.401,20.
A ninharia se deve pelo fato que estou trocando de Desktop, daí aproveitei a Black Friday para comprar algumas peças novas. Com gabinete, placa-mãe, memórias, processador, fonte, HD, periféricos e mão de obra foi mais ou menos R$ 4.000.
Meio que me arrependi da compra pois está demorando para chegar as peças. Se tivesse comprado pronto, pagaria mais caro mas já estaria estreando o brinquedo.
Não podia postergar mais porque uso um Notebook de 2012 todo fudido e meus bicos de projeto requerem um PC com uma configuração minima.
Quanto às promoções dos itens, realmente não foi propaganda enganosa já que fiquei monitorando os preços há quatro meses atrás pelo site Zoom. Na média consegui um desconto de 20%, só no processador, um Ryzen 7 que consegui 35%. Se eu tivesse comprado em outra época, morreria com uns 5k.
Quanto a pagar pela montagem, poderiam me perguntar, por que você mesmo não faz, afinal é só parafusar e encaixar? Na verdade eu sei montar hardware (até cheguei a fazer um curso disso no SENAI nos idos de 2003 quando tinha uns 16 anos) porém resolvi pagar para ajudar um irmão de um amigo meu que está desempregado: R$ 100,00 usado de bom grado não irá me faltar.

Vamos à tabela:


Como podem observar, dei uma rebalanceada na minha carteira.
Após dois anos, finalmente me cadastrei na corretora. Saí das bostas da LCI e FI do banco de varejo e reinvesti em Renda Fixa. Até tinha uns FIs interessantes mas como já tenho dois, resolvi abraçar o cagaço e manter o perfil de conservador.
O FI Macro 200 melhorou pra novembro dando uma rentabilidade líquida de 0,77 - algo impressionante para um fundo de banco normal.
Se a merda dos fundos do Safra continuarem essa mesquinharia, também pulo fora.

Quanto a conhecimento, eu pedira ao Mestre dos Dividendos algumas sugestões de livros e ele me indicou alguns dos quais comprei: 1) Faça Fortuna com Ações do Décio Bazin e 2) O Jeito Peter Lynch de de Investir. Comprei mais um do Gustavo Cerbasi chamado "Investimentos Inteligentes", meio desconfiado, achando que seria muito superficial e que eu não aprenderia nada de novo, mas após ter lido, fiquei pasmo com as informações que eu desconhecia e mais uma vez comprovei como sou um ignorante despretensioso sobre investimentos.

Eu antes de ler o livro simples do Cerbasi.
Resultado de imagem para burro nervoso
/Eu depois de ler o livro...
Realmente o caminho é longo pela frente...
Vou ver se leio estes dois livros até final de Janeiro para dar meu próximo passo: começar a investir em Ações, começando com 5% da minha carteira, algo em torno de 15k.

Quanto aos gastos este mês foi um vendaval só, pois além do PC, tive que pagar o conserto de funilaria a um cara cujo carro eu raspei. Valor: R$ 350,00. Estava voltando da casa da minha namorada cuja a rua é estreita e em descida, quando avistei um Peugeot  subindo, daí pensei, "dá pra passar" e fui descendo devagarzinho. Não deu outra: só ouvi a raspada e o cara reclamando. O cara foi jogando o carro pra guia e eu, com pressa, não, joguei pro meu lado, tentando passar pelo eixo mesmo. Animal. Bem, saí do carro, conversamos e acabei assumindo o erro. O cara anotei meu celular e disse que veria o orçamento com o funileiro dele e me ligaria. Pensei: "Fudeu, o cara vai enfiar a faca". Só de uma ralada no friso da porta e umas pequena amassadinha no Peugeot. No meu só raspou o para-lama. Bem, se passaram umas três semanas e eu até tinha me esquecido, quando o cara me liga falando do valor. Por incrível que pareça o cara foi honesto, me mandou o orçamento de R$ 500,00 e disse que pagaria R$ 150,00. O preço ficou dentro do que eu imaginara.

Resultado de imagem para macaco dirigindo
Eu dirigindo.
Outros gastos que vão me foder: carteira vencida - 24 pontos com multas totalizado uns 600 reais, fora o custo que terei que regularizar. Anuidade da associação: 1700 reais pois há três anos que não pago. Grana que estou devendo pro meu pai: 500 reais de um Notebook que peguei emprestado e quebrei e mais 500 reais para pagar o conserto do portão automático que quebrou.
Total: 3.300 reais. Que gostoso!

Outro ponto que tá me lascando é o fato da minha namorada não conseguir arrumar emprego nessa maldita recessão. Ela está há seis meses desocupada e nesse ínterim tenho a ajudado com cerca de R$ 500,00 por mês mais uma compra de mercado no valor de R$ 200,00 pelo cartão-alimentação (o restante ajudo na casa dos meus pais). Mas eu não dou os quinhentão na mão dela, não, pois a espertinha é uma completa perdulária e mão aberta: pago a pós graduação dela no valor de R$ 300 mais as contas de água e luz. A sorte é que ela mora na casa dos avós nos fundos então está livre do aluguel. 

Na verdade, eu cheguei a morar com ela durante uns meses em 2016 mas acabei voltando para a casa dos meus pais pelo fato de eu ter me adaptado lá pela falta de privacidade: eram os velhos gritando, o pai dela entrando na casa dela sem bater na porta. Caralho, quantas vezes estava lá no bem-bom afogando o ganso e o desgraçado aparecia lá de CUECA pedindo feijão emprestado. Se foder, mano, que raiva me dá só de lembrar! Outra coisa que me tirava do sério era quando ele vinha pedir dinheiro emprestado - "só milão, me empresta milão" -, isso por que nem ele nem ela sabem que aporto ou quanto ganho! Imagina se ele soubesse.

Minha namorada é de boa, estamos pensando em alugar um apartamento mas disse que só faria isso quando ela estivesse trabalhando para rachar a conta já que sozinho não teria condições. Ela aceitou de boa. Isso é um plano para 2018. Por ela, ela alugaria na cidade dela mesmo um apartamento por R$ 600 mais uns 200 de condomínio. O problema é que a cidade dela é horrível, parece periferia de São Paulo, tipo Cidade Tiradentes ou Jardim Ângela e jamais que eu alugaria uma casa ali. Prefiro pagar uns R$ 1500 (aluguel mais condomínio) e morar num bairro há 4 km donde moro hoje. Não seria o ideal mas locar uma casa no meu bairro é sem condições, de R$ 3.000 pra cima.

Quanto ao trabalho e à escola, tudo tranquilo, as aulas estão acabando, só falta eu fechar a nota do semestre e assistir ao TCCs dos alunos. Minha meta para ano que vém é só dar aula 2x por semana para eu ter as noites livres para nadar e estudar para meu mestrado.

Mestrado, esse é meu objetivo para o segundo semestre do ano que vém, pois o primeiro será para eu estudar meu Inglês lixo (TOEFL). O foda do Mestrado é que as aulas são matutinas mas conversei com meu chefe aqui na repartição e ele concordou desde que eu "compense" os dias que faltarei. Nem preciso dizer por que coloquei as aspas, hehehe.

É isso aí, vejamos a evolução patrimonial:


E vejamos também a divisão da carteira:


Outra coisa que estou curtindo bastante é o entrosamento que estou tendo com outros blogueiros. Estou aprendendo bastante com as postagens dos colegas Gari, Investidor Concursado etc. Acho muito bom essa ideia de compartilhar ideias.
Bem, como só posto mensalmente, já desejo de antemão Feliz Natal, Feliz Ano Novo e principalmente Fortes Aportes a todos!

Natal Brasileiro é como esse Papai Noel, safado e esculhambado!